Quem tem psoríase pode fazer tatuagem?

Sempre que eu digo que escrevo sobre psoríase no blog, me perguntam sobre tatuagens e piercings. Por isso resolvi contar um pouco para vocês sobre a minha experiência!

Comecei a fazer tatuagens com 18 anos e a ter psoríase com 17 anos. Só com isso já dá para saber que as feridas da minha pele nunca me impediram de nada! Já tive inúmeros piercings no rosto (tô sem foto, desculpaaaa) e tenho 9 tatuagens espalhadas pelo corpo e de diversos tamanhos. Nem todas causaram feridas e algumas sim, por isso posso dizer que CADA CASO É UM CASO.

O mais importante para quem quer fazer uma tatuagem é seguir uma dieta que não vá causar reações (reduzir a carne vermelha, não comer gordura, carne de porco e frutos do mar) por 1 mês, manter a área sempre hidratada com alguma vaselina ou pomada específica (eu uso a Electrick Ink) e esperar. E não usar Bepantol!!! A psoríase só vai aparecer depois que a tatuagem estiver cicatrizada, portanto aguardar é a única opção.

Para os que curtem uma pimenta (como eu), também é bom ficar afastado por pelo menos 1 semana, porque pimenta esquenta o corpo e pode gerar alguma reação na psoríase, ok? Fica a dica!

Se você está escolhendo a tatuagem e ela será feita numa parte do corpo que está com psoríase, aguarde até que as feridas desapareçam, porque psoríase já é uma ferida e fazer outra em cima de um lugar já machucado pode não ser uma boa. Sei lá, na dúvida eu nunca fiz!

Fiz um vídeo mostrando algumas das minhas tatuagens e dando mais dicas, aperta o play!

 

Mas existem sim algumas diferenças e vou responder aqui as perguntinhas que mais me fazem sobre tatuagem e psoríase:

  1. Quem tem psoríase pode fazer tatuagem? Pode e deve!
  2. Você fez as tatuagens antes ou depois de ter psoríase? Antes e depois.
  3. Você tatuou somente os lugares em que nunca ocorreram lesões? Não, o que eu fiz foi aguardar e tratar as áreas onde eu gostaria de ser tatuada para que a pele estivesse sadia. Só aí tatuei.
  4. Surgiram lesões nas tatuagens? Na grande maioria das vezes sim. Isso acontece porque quem tem psoríase não pode ferir a pele e a tatuagem nada mais é do que uma série de machucados, né? Então os cuidados serão os mesmos. Se aparecer uma manchinha ou outra, é só tratar como todas as outras do corpo! Bem tranquilo.
  5. Você recomenda fazer tatuagem em quem tem psoríase? Lógico! Desde que tome esse cuidado de só fazer quando aquele pedaço a ser tatuado estiver sem manchas, casquinhas e feridas, vai fundo!!!
  6. O que é o Fenômeno de Koebner? É o surgimento de lesões depois de algum trauma na pele (corte, ferida, arranhão). É o que pode acontecer depois da tatuagem. No meu caso nunca aumentou MUITO, mas apareceram manchinhas bem pequenas. Particularmente não acho que isso seja nenhum bicho de 7 cabeças, mas varia de pessoa para pessoa.
  7. Existe algum produto indicado para hidratar e cicatrizar a tatuagem? Há tatuadores que preferem não passar nada, outros indicam produtos. Eu uso a Electric Ink Essential Care e sempre dá muito certo. Mas a verdade é: NÃO usando Bepantol, tá tudo beleza!

 

Você já fez ou quer fazer tatuagem? Conta tudo pra gente! logo mag